Sem categoria

Consumidores que compraram iPhone sem carregador podem obter item por meio da Justiça

Em outubro de 2020, a Apple deixou de fornecer carregadores em todos os seus celulares vendidos. A empresa justificou a ação como parte de ‘seus objetivos ambientais’. No entanto, a medida causou indignação dos consumidores que agora, além do gasto com o aparelho celular, também precisam investir no acessório para recarregar o smartphone.

Para os consumidores que se sentiram lesados pela decisão da empresa norte-americana, existe uma solução: procurar um advogado para mover uma ação judicial contra a empresa para solicitar a entrega do carregador, tendo em vista que é considerado item indispensável para o funcionamento do aparelho celular e para que o consumidor possa desfrutar de todos os recursos disponibilizados. A venda separada é considera uma prática abusiva da empresa, vedada pelo Código de Defesa do Consumidor.

A empresa é obrigada a entregar o carregador USB-C para todos os clientes que compraram celulares da marca a partir de 13 outubro de 2020 (quando o iPhone 12, primeiro modelo sem o carregador, começou a ser vendido no Brasil).

0 comentário em “Consumidores que compraram iPhone sem carregador podem obter item por meio da Justiça

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: